28 de março de 2017

Ayurveda- A minha experiência

Em 2017 decidi mudar alguns hábitos no meu dia a dia e comecei a pesquisar mais sobre a Medicina Ayuveda, pois identifiquei-me com esta filosofia de vida em alguns aspetos.




Ayurveda é uma filosofia de vida Indiana que lida com a prevenção das doenças, entendendo o ser humano como parte do universo. De acordo com esta filosofia, o universo é composto por cinco elementos básicos, conhecidos como panchamahabutas: ar, éter, fogo, água e terra, que são as bases de toda a existência.

Estes elementos, na formação humana, são conhecidos como doshas. Palavra em sânscrito, que significa humor biológico, dna energético ou constituição biológica. Os adeptos da filosofia Ayurveda acreditam que cada pessoa tem um ou dois elementos predominantes na sua formação o que vai determinar o seu dosha pessoal.

Existem três tipos de doshas: vata, pitta e kapha, e estão alojados no nosso sistema digestivo.
Vata no intestino grosso, pitta no instestino delgado e kapha no estômago.

Assim, desde a nossa concepção, assumimos comportamentos físicos, emocionais e mentais compatíveis com estas substâncias que formam a nossa existência, não apenas num corpo físico, mas sim, num corpo holístico, formado pela emoção, mente e espírito, estando em total e profunda interação.

Os doshas em equilíbrio representam a força da nossa fisiologia e, em desequilíbrio, a fraqueza, que resulta em fisiopatologia. E é aí que entra a terapia Ayurveda.
A maioria das pessoas que procuram a terapia já apresentam alguns distúrbios sendo os mais comuns as dores no corpo e problemas digestivos.



O tratamento Ayurveda inclui uma alimentação correta à base de legumes e muitas especiarias, meditação, yoga  massagens. 



Decidi fazer uma massagem de terapia Ayurveda daquelas em que a terapeuta se coloca em cima de nós com os pés, para perceber se ficava relaxada ou nem por isso, já que comigo só o Reiki é que me coloca nesse estado ;)

A massagem foi no chão, começou pela cabeça, testa e foi até à planta do pé.No inicio doía-me tudo até o apertar as pernas era uma tortura, depois no final a srª colocou os pés em cima de mim e apoiou- se num banco e eu só pensava é agora que me vai dar um treco, mas olhem correu muito bem, aliás até gostei mais do que com a mãos :)

Resultado final: Saí de lá bem mas não relaxada.....
Passado 1 horita uiiiiiiiii fiquei leve que nem uma pena e o soninho veio para ficar ahahahahah

No próximo post, partilho as rotinas diárias que eu faço da Terapia Ayurveda :)

Sem comentários:

Enviar um comentário